Ilhabela-Naufrágio Therezina - ScubiBlue

Descrição

47 mil sacos de farinha de milho e outras cargas foram despachados do porto de Santos com destino à França, através do vapor brasileiro Therezina. Mas o inesperado aconteceu. No dia 3 de fevereiro de 1919, a estação telegráfica do Monte Serrat de Santos foi comunicada do encalhamento do vapor sobre as pedras do chapadão sul da Ponta do Boi, em Ilhabela. Relatos das embarcações que buscavam o resgate da tripulação do Therezina descreviam o navio quebrado em dois, em estado de perda total. Felizmente, todos foram salvos. Os motivos do encalhe são desconhecidos, sendo melhor aceita a suposição de que a correnteza fez o navio sair da rota e bater na costa da ilha. O Therezina tinha o nome de Siegmund, pois teve sua origem na Alemanha. Foi confiscado pelo governo brasileiro por refugiar-se em águas nacionais sem permissão, sendo então rebatizado e transformado em navio cargueiro. Sua hélice está exposta em frente ao Museu de Naufrágios. A profundidade local vai dos 4 aos 15m, sendo a parte mais interessante do naufrágio entre os 8 e 12m. O naufrágio Therezina é um ótimo local para a realização de cursos de naufrágio, pois ele exige conhecimento e boa atenção para a identificação de suas peças e partes.

Localização

Brasil / Ilhabela, São Paulo Ilhabela-Naufrágio Therezina

Avaliações

81 Visualizações